Usei durante 10 anos aparelhos ortodônticos e nunca fumei. Mas o tempo é implacável: meus dentes, até então bonitinhos e alinhados, começaram a amarelar dando claros sinais de cansaço.

Percebi que estava evitando sorrir – coisa que sempre fiz de forma escancarada.

Eu heim?

Xô vergonha! Em uma hora e meia no consultório da dra. Rose Marques, ganhei, não apenas uma deliciosa massagem na cadeira do dentista mas também duas fileiras de dentes branquinhos e brilhantes.

Muito melhor do que aos dezoito anos: pois agora sei exatamente as razões pelas quais estou sorrindo. E aprendi a agradecer por cada uma delas

 

Claudia Matarazzo (Jornalista)